Acompanhando as estreias da semana, o Depois Da Sessão De Cinema não poderia deixar de comentar Rogue One: Uma História Star Wars!

rogueone-posterO filme Rogue One: Uma História Star Wars (Rogue One: A Star Wars Story) lançado em 2016 foi dirigido por Gareth Edwards (II), com roteiro de Chris Weitz e Tony Gilroy.

Nesse primeiro filme derivado da franquia Star Wars, vemos como os guerreiros rebeldes roubaram os planos da Estrela da Morte e trouxeram uma nova esperança para a galáxia.

Ainda criança, Jyn Erso (Felicity Jones) foi afastada de seu pai, Galen (Mads Mikkelsen), devido à exigência do diretor Krennic (Ben Mendelsohn) que ele trabalhasse na construção da arma mais poderosa do Império, a Estrela da Morte. Criada por Saw Gerrera (Forest Whitaker), ela teve que aprender a sobreviver por conta própria ao completar 16 anos. Já adulta, Jyn é resgatada da prisão pela Aliança Rebelde, que deseja ter acesso a uma mensagem enviada por seu pai a Gerrera. Com a promessa de liberdade ao término da missão, ela aceita trabalhar ao lado do capitão Cassian Andor (Diego Luna) e do robô K-2SO.

O filme conta conta Felicity Jones, Diego Luna, Ben Mendelsohn, Mads Mikkelsen, Forest Whitaker, Donnie Yen, Jiang Wen e Alan Tudyk, em seu elenco.

Para começar devo admitir que eu nunca fui de fato fã de Star Wars vi os filmes na ordem correta (IV, V, VI, I, II, III e O Despertar da Força) e reconheço as referencias, mas nunca fui de fato fã.

A decisão de expandir esse universo que tem diversas histórias para serem contadas me deu um novo animo com a franquia que senão me engano deve ter pego pelo menos três gerações diferentes e continua a fazer novos fãs todos os dias.

rogueone-01

Dito isso vamos falar do filme, para situar todo mundo o filme se passa antes dos acontecimentos de Guerra nas Estrelas (1977) e cinco anos depois de Star Wars Rebels (2014).

O filme conta com 133 minutos para explicar as perguntas que vieram com as informações nos letreiros do primeiro filme de Star Wars! Quem eram os rebeldes que roubaram os planos da Estrela da Morte e entregaram para Aliança Rebelde? Como eles roubaram os planos da Estrela da Morte?

Apesar de ser uma historia derivada o filme conta com muito respeito ao que já foi feito na franquia e claro referencias, como questões idealistas, o embate do bem contra o mal, robôs que roubam a cena com sua personalidade e humor.

A trilha sonora dessa vez não conta com John Williams, o responsável pela trilha desse filme foi Michael Michael Giacchino e a trilha sonora continua digna e bem trabalhada.

Esse é o terceiro filme da franquia a ser filmado digitalmente e as cenas de ação foram muito bem elaboradas.

rogueone-02

Esse filme é mais focado nas batalhas e eu gostei muito disso. As diversas sequencias de ação foram bem coreografadas e os efeitos especiais são outro ponto positivo para o filme.

A protagonista feminina foi muito bem trabalhada e o elenco do filme foi muito bem escolhido.

Temos que comentar também que apesar de nostálgico e empolgante o filme tem um problema de ritmo, pelo menos pra mim ele demora a mostrar ao que veio, o diretor Gareth Edwards (II) enfrentou a mesma coisa em Godzilla (2014), mas Rogue One recompensa o expectador com um show de luzes e efeitos depois que o filme engrena, expandindo de forma impressionante o universo de Star Wars.

rogueone-03

A volta de Darth Vader o meu personagem preferido da franquia (não é spoillers se você prestou atenção no trailer!) e Bail Organa interpretado por Jimmy Smits (talvez um spoiller… não sei rsrsrs), marca o potencial das histórias derivadas do universo de Star Wars e apresenta a esperança de revermos outros personagens interessantes que passaram pelos filmes anteriores.

Rogue One vale com certeza a pena assistir nos cinemas!

rogue-one-04

Curiosidades rápidas:

  • O roteiro do filme foi baseado no primeiro episódio da série Star Wars: Anthology.
  • Esse é o primeiro filme a trazer personagens da série de animação Star Wars Clone Wars (2008). O personagem Saw Gerrera, interpretado por Forest Whitaker, e também é o primeiro filme sem os Jedis e Obi-Wan Kenobi.
  • Alguns dos trajes originais utilizados em Guerra nas Estrelas (1977), O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983) foram utilizados no filme.
  • Já foi anunciado que a história de Rogue One não terá sequencia, o próximo filme derivado deve trazer outro tema e outros personagens para as telonas.
  • Também já foi anunciado um filme prequel Han-Solo,um dos personagens favoritos da franquia. O filme vai contar as aventuras do jovem Han-Solo.

Rogue One: Uma História Star Wars é a dica de hoje! Vejam e se já viram deixem suas impressões aqui no blog.

Confiram o trailer aqui em baixo:

Rogue One: Uma História Star Wars - Comentários
3.9Overall Score
Reader Rating: (6 Votes)
Translate »