Hoje o filme escolhido é Aquaman!

O filme Aquaman lançado no final de 2018, foi dirigido por James Wan, com roteiro de Will Beall e David Leslie Johnson-McGoldrick. Esse longa-metragem marca a volta do personagem icônico que fala com os peixes as telonas.

Filho do humano Tom Curry (Temuera Morrison) com a atlante Atlanna (Nicole Kidman), Arthur Curry (Jason Momoa) cresce com a vivência de um humano e as capacidades metahumanas de um atlante. Quando seu irmão Orm (Patrick Wilson) deseja se tornar o Mestre dos Oceanos, subjugando os demais reinos aquáticos para que possa atacar a superfície, cabe a Arthur a tarefa de impedir a guerra iminente. Para tanto, ele recebe a ajuda de Mera (Amber Heard), princesa de um dos reinos, e o apoio de Vulko (Willem Dafoe), que o treinou secretamente desde a adolescência.

O filme conta com Jason Momoa, Amber Heard, Willem Dafoe, Patrick Wilson, Nicole Kidman, Dolph Lundgren, Yahya Abdul-Mateen II, Temuera Morrison e Randall Park, em seu elenco.

Passado o tempo de euforia da estreia, o Depois Da Sessão De Cinema resolveu esperar o “hype” passar para conseguir analisar o filme.

Vi primeiro o filme na CCXP 2018 e a emoção e energia de assistir a um filme com outros 3 mil fãs em uma grande sala de cinema, deixa o filme mais empolgante do que realmente ele é… E depois de rever 2 vezes podemos com certeza afirmar que Aquaman é um grande acerto da DC nos cinemas.

O filme é em seu cerne um filme de origem, mas a estrutura de edição usada para montar a narrativa do filme é muito bem estruturada.

Os flashbacks são pontuais e inseridos de forma orgânica na trama, o filme tem bons momentos de humor e algumas piadas colocadas em momentos errados, mas isso não atrapalha o desenvolvimento da trama.

Diferente de alguns outros filmes do universo DC no cinema, Aquaman tem mais cores e a “luminescência” deixa a estética do fundo do oceano ainda mais interessante, a tecnologia 3D é bem utilizada já que o senso de profundidade é indispensável para as cenas no fundo do oceano.

No quesito efeitos especiais o filme entrega um ótimo produto, já no quesito atuações deixa um pouco a desejar, afinal nem tudo são flores.

Falando sobre as atuações Willem Dafoe, Patrick Wilson, Nicole Kidman e até mesmo o Dolph Lundgren entregam atuações simplesmente medianas, não tiveram grandes atuações mais corresponderam ao que o roteiro pedia de seus personagem.

O meu incomodo pessoal reside na Amber Heard, que apesar de ter uma personagem muito forte entregou uma fraca atuação que em momentos pontuais chega a empolgar.

Enquanto isso Jason Momoa claramente não estava interpretando ninguém, em diversos momentos da para perceber que ele apenas esta se divertindo em tela, e acho que isso que faz com que o personagem ganhe carisma, em minha opinião.

O filme não é uma cópia da animação de origem Liga da Justiça: Trono de Atlantis lançada em 2015. Existe diversas referencias as varias representações do personagem ao longo dos anos, como ele falar com os peixes que era visto como piada popular desde a animação dos Superamigos até referencias ao estagio atual do personagem nos novos 52.

Pessoalmente eu gostei muito das cenas de ação e luta, gostaria de ter visto mais do Orm personagem de Patrick Wilson, e aguardo com muita expectativa para ver mais desenvolvimento do Arraia Negra, com certeza um dos maiores vilões do personagem e que foi bem representado por Yahya Abdul-Mateen II.

O filme Aquaman vale sim a pena ser visto! É um bom entretenimento com certeza.

O universo da DC nos cinemas passa a impressão de que esta encontrando a sua “cara” visto pelo tom dos filmes que esta produzindo como Mulher-Maravilha (2017) e Shazam que tem estreia em 2019.

Se já viram Aquaman deixem aqui no blog também suas impressões!

Confiram o trailer aqui em baixo:

Aquaman - Comentários
3.6Overall Score
Reader Rating: (2 Votes)
Translate »