Acompanhando as estreias da semana, vamos falar de A Múmia (2017)!

O filme A Múmia (The Mummy) lançado em 2017 foi dirigido por Alex Kurtzman, com roteiro de David Koepp e Christopher McQuarrie.

Esse longa-metragem marca o inicio do Dark-verse.

O “Dark-verse” ou “Dark Universe” é a reunião do universo de filmes de monstros como frankstein, drácula etc cujo os direitos pertencem a Universal Studios. Esse universo de monstros contará com novos filmes da Múmia, Van Helsing, Drácula, Lobisomem, O Homem Invisível e A Noiva de Frankenstein.

Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet (Sofia Boutella) tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo. Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba.

Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton (Tom Cruise) e Chris Vail (Jake Johnson), saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades. Ao lado da pesquisadora Jenny Halsey (Annabelle Wallis), eles investigam a tumba recém-descoberta e, acidentalmente, despertam Ahmanet. Ela logo elege Nick como seu escolhido e, a partir de então, busca a adaga de Set para que possa invocá-lo no corpo do saqueador. Com uma maldade acumulada ao longo dos anos, ela espalha terror desde as areais do Oriente Médio até os becos de Londres.

O filme conta com Tom Cruise, Sofia Boutella, Annabelle Wallis, Russell Crowe, Jake Johnson, Courtney B. Vance, Marwan Kenzari e Stephen Thompson, em seu elenco.

A ideia do dark-verse com certeza chama a atenção, os filmes de monstros clássicos e antigos estão mais do que datados e esses personagens tem muito ainda que ser explorado, contudo só porque a premissa é boa não quer dizer que seja a prova de falhas.

Quando a anunciado o filme eu confesso que já fiquei com o pé atrás, ao saber que esse filme não seria uma refilmagem que não teria nada a ver com a trilogia da Múmia estrelada por Brendan Fraser, já me deixou com expectativas melhores porem esse novo filme deixa tão a desejar que torna-se impossível deixar de comparar com os filmes antigos.

A trilogia da Múmia foi marcada por ser uma aventura que apesar de efeitos especiais muito “toscos” abraçava uma história de aventura que trazia personagens interessantes e divertidos. Agora A Múmia (2017) traz bons efeitos especiais, mas personagens sem carisma e bem medianos.

Pessoalmente a Ahmanet nunca será tão interessante quanto Himotep, mas dentro os personagens do filme o personagem de Russell Crowe, o Dr. jekyll, foi o que mais me despertou interesse, pois o próximo filme do dark-verse é baseado no médico e o monstro.

Esse novo filme não consegue se estabelecer em um gênero, o que eu quero dizer é que ele não é nem aventura e nem de terror, seus problemas de ritmos tornam difícil definir o filme.

O filme não tem só defeitos! Ele tem bons momentos que realmente impressionam como a sequencia do avião (a cena esta no trailer, então não é spoiller), que realmente foi bem filmada e pensada, o espectador consegue imergir nessa cena, que com certeza é  uma das mais interessantes do filme.

A fotografia escura do filme não trabalha bem o 3D, mas constrói uma atmosfera mais sombria para o filme.

De verdade podemos dizer que o filme se leva muito a sério, mas as referencias não são bem encaixadas e de fato a história se prende a previsibilidade, deixando pontas soltas ruins para uma possível sequencia.

Curiosidades rápidas:

A Múmia (2017) foi um inicio fraco para um universo cinematográfico, mas ainda tem bons efeitos especiais, então fica dica! Se já viram deixem as suas impressões aqui no blog.

Confiram o trailer aqui em baixo:

A Múmia (2017) - Comentários
3.1Overall Score
Reader Rating: (3 Votes)
Translate »