O Depois Da Sessão De Cinema foi correndo assistir o filme Velozes e Furiosos 7!
O filme Velozes e Furiosos 7 (Furious 7) dirigido por James Wan e lançado em 2015, é o sétimo filme da franquia “Velozes & Furiosos”.
Depois de derrotarem Owen Shaw (Luke Evans) e sua gangue, Dominic Toretto (Vin Diesel), Brian O’Conner (Paul Walker), Letty Ortiz (Michelle Rodriguez) e o resto da equipe são capazes de voltar para os Estados Unidos, recomeçando assim suas vidas. Mas o irmão mais velho de Owen, Deckard Shaw (Jason Statham) quer vingar a morte de seu irmão. Para isso, ele assassina Han (Sung Kang) e ameaça Dom, fazendo com que ele e sua equipe vá atrás dele para impedir que ele conclua sua vingança e mate mais alguém da família.
A história é a combinação dos eventos do sexto filme e com acontecimentos do terceiro filme (Tokyo Drift), nesta missão não sera suficiente ser rápido. O filme traz a volta do personagem de Robbs (Dwayne “The Rock”Johnson) e como participação especial Sean Boswell (Lucas Baclk). Para aqueles que não sabem a cronologia da franquia é a seguinte: Velozes e Furiosos (Fast and Furious), Prelúdio + Velozes e + Furiosos (The Fast and the Furious) que é um extra no DVD onde mostra a viagem de Brian (Paul Walker) até Miami, + Velozes e + Furiosos (The Fast and the Furious), Los Bandoleros (curta-metragem escrito e dirigido por Vin Diesel), Velozes e Furiosos 4 (Fast & Furious), Velozes e Furiosos 5 (Fast Five), Velozes e Furiosos 6 (Fast & Furious 6) e Velozes e Furiosos: Desafio em Tokio (The Fast and the Furious: Tokyo Drift).
A franquia de Velozes e Furiosos evoluiu muito durante os anos a mudança de filmes de corrida para filmes de assalto foi uma escolha muito acertada que permitiu a franquia se desenvolver e explorar seu universo, onde mais poderíamos ver carros pulando de paraquedas. Eu sou fã assumida da franquia, mesmo adorando os filmes tenho criticas principalmente ao segundo e terceiro filme.
Falando agora do sétimo filme, é surpreendente carros fantásticos, cenários grandiosos, grandes lutas e cenas de tirar o fôlego a cada segundo. Esse filme aumentou o nível absurdamente das cenas “absurdas” que somente Velozes e Furiosos sabem fazer, uma mais divertida que a outra carros pulando de prédio em prédio, muitas explosões e batidas de carros.
O filme não é só feito para quem gosta de ação, já que o roteiro tem uma mensagem de família muito forte e também não é só feito pra fãs, mas com certeza ele é “super” referenciado! Quem acompanhou a franquia viu muitas cenas icônicas como manobra de carro passando embaixo de caminhão, Race wars etc e personagens que apareceram no 1º e 3º filmes voltando para fazer 5 minutos de filme, eu pessoalmente acho demais que todo mundo aceita voltar mesmo que para só 5 minutos.
Tendo dito isso, eu queria que tivessem dado mais tempo para a “Race Wars” referência direta ao primeiro filme, onde é apresentada a Corrida de Guerra.
Outro ponto que eu gosto muito é a trilha sonora, músicas que se encaixam perfeitamente com a ação das cenas, e a música de despedida de Paul Walker (See You Again – Wiz Khalifa, seguida de  Ride Out – Kid Ink, Tyga, Wale, YG, Rich Homie Quan) arrancou lagrimas eu admito.
Sobre o elenco, Vin Diesel muito “Veloz e Furioso”, Paul Walker sem palavras… Tyrese Gibson ainda como alivio cômico, mas melhor dosado que no ultimo filme. Michelle Rodriguez sou fã, acho demais ela lutando e já faço menção honrosa porque as lutas femininas desse filme estão em outro nível bem coreografadas e muito incríveis. Ludacris e Jordana Brewster repetindo boas atuações. Ótima participação especial de Kurt Russell e a Nathalie Emmanuel é uma boa adição a equipe. Agora  Jason Statham esta demais como o grande vilão, ele já é um ator que costuma fazer o personagem “bad-ass“, mas normalmente ele é o mocinho, deixar ele ainda mais “bad-ass” como vilão ficou muito mais mortífero.
O roteiro que já tentava passar uma mensagem de família muito forte esta mais denso, principalmente porque esse gancho é necessário para “aposentar” o personagem de Paul Walker.
O filme deu um desfecho bom ao personagem de Paul Walker, grande homenagem e chorosa despedida como diz o slogan do filme “Uma Ultima Corrida”. Torço para que a franquia continue com o alto nível porque eu realmente gosto muito dos personagens.
O filme Velozes e Furiosos 7 é um grande blockbuster, é o maior e melhor ate o momento da franquia, com certeza vale a pena ser visto, então fica a dica.
#FamíliaVelozes  #Velozes7  #Furious7  #CorrerOuMorrer 
Velozes e Furiosos 7 - Comentários
4.7Overall Score
Reader Rating: (24 Votes)
  • Anônimo

    Por favor, me diz como aposentaram o Brian, senão eu vou morrer até poder ir ao cinema

  • Não posso estragar o momento + é de partir o coração

  • O filme é realmente sensacional. Tyrese Gibson me arrancou gargalhadas, e as cenas de ação (3 longas sequências incríveis) fazer deste o melhor filme da franquia.
    A homenagem ao Paul Walker era inevitável, mas eu achei que ela cria um melodrama que destoa um pouco todo aquele absurdo que passou na tela. Até aceito, em respeito à memória do ator, e o filme não deixa de ser bom por causa dela.
    Enfim… nota 8. Se quiser, ouça o episódio do podcast que eu fiz com meu amigo, ainda na saída do cinema, sobre este filme espetacular:
    http://traffictalks.com.br/blog/11-velozes-e-furiosos-7-furious-7-james-wan-2015/

  • Tyrese Gibson realmente estava ótimo, liderando e delegando rsrsrsrs As cenas de ação são de tirar o folêgo mesmo e eu gostei também do jogo de câmera acompanhando os golpes nas lutas
    Eu tenho costume de ouvir podcast no trabalho então segunda-feira eu vou ouvir sim XD

  • Eles fizeram montagens com ele,pq a ultima cena dele antes de morrer foi a do onibus 😉

  • Conseguiram terminar bem o filme sem ele… acho que toram uma boa decisão.

    • A decisão tomada foi + em respeito ao ator porque nesses casos existe um seguro onde o estúdio poderia recomeçar o filme do zero! Ainda bem que não fizeram isso e ainda colocaram a linda homenagem no filnal

Translate »