Acompanhando as estreias da semana, vamos falar de O Assassino: O Primeiro Alvo!

O filme O Assassino: O Primeiro Alvo (American Assassin) lançado em 2017 foi dirigido por Michael Cuesta, com roteiro de Michael Finch, Edward Zwick e Marshall Herskovitz. Esse longa-metragem é a adaptação do livro American Assassin escrito por Vince Flynn.

Devastado pela morte da noiva diante de seus olhos em um atentado terrorista, Mitch Rapp (Dylan O’Brien) dedica-se incansávelmente à vingança, o que chama a atenção da CIA.

Recrutado, o descontrolado rapaz é enviado para o rígido treinamento de Stan Hurley (Michael Keaton), veterano militar que prepara assassinos secretos de atuação internacional e tem sérias ressalvas à avaliação psicológica de Mitch.

O filme conta com Dylan O’Brien, Michael Keaton, Taylor Kitsch, Sanaa Lathan, Shiva Negar, David Suchet, Navid Negahban e Scott Adkins, em seu elenco.

O filme fala bem superficialmente sobre questões como terrorismo e o relacionamento dos EUA com a Rússia para ambientar as sequencias de ação.

O filme não tem um protagonista super patriota, mas ainda trabalha com a idéia de que apenas um americano se treinado ou bem motivado consegue resolver qualquer tipo de conflito ou se infiltrar em qualquer lugar.

Apesar de ser um filme de ação, o roteiro trabalha bem o drama vivido pelo protagonista e deixa bem claro as motivações do personagem que ao invés de ser movido pelo patriotismo que é comum acontecer, o protagonista é movido a vingança.

Para que isso funcionasse o protagonista não podia ser uma pessoa já estabelecida tinha que ser um jovem e com isso o filme ganhou um ótimo protagonista, a interpretação de Dylan O’Brien foi muito boa tanto nas cenas de ação quanto os momentos dramáticos.

Por ser um protagonista jovem característica como inconsequente e destemido dão ao personagem uma personalidade interessante.

A vingança logo é substituída por um senso de direcionamento proporcionado pelo personagem de Michael Keaton que se torna um mentor para o protagonista.

Michael Keaton como mentor e Taylor Kitsch como o antagonista e soldado quebrado também entregarão boas atuações.

O filme tem alguns momentos mais fortes de tortura que pessoalmente da até uma agonia, mas as sequencias de ação não são nada fora do comum.

Eu gostei bastante das cenas de ação do filme, é interessante ver o treinamento tanto individual que o protagonista realiza sozinho para ir atras de terrorista quanto o treinamento da CIA que usa até realidade virtual.

As sequencias de ação são bem estruturadas e divertidas, mas sem grandes novidades e com bastante tiros. O final aberto da margem para possíveis continuações, que pode trazer sequencias mais maduras e bem interessantes.

Como filme de ação cumpre seu papel, então O Assassino: O Primeiro Alvo é dica de hoje!

Se já viram deixem suas impressões aqui no blog.

Confiram o trailer aqui em baixo:

O Assassino: O Primeiro Alvo - Comentários
3.1Overall Score
Reader Rating: (3 Votes)
Translate »