Acompanhando as estreias, vamos falar de Dunkirk!

O filme Dunkirk lançado em 2017 foi escrito e dirigido por Christopher Nolan, mesmo diretor de A Origem (Inception, 2010) e Interestelar (2014). Esse é o primeiro filme do Nolan baseado em fatos reais.

Na Operação Dínamo, mais conhecida como a Evacuação de Dunquerque, soldados aliados da Bélgica, do Império Britânico e da França são rodeados pelo exército alemão e devem ser resgatados durante uma feroz batalha no início da Segunda Guerra Mundial. A história acompanha três momentos distintos: uma hora de confronto no céu, onde o piloto Farrier (Tom Hardy) precisa destruir um avião inimigo, um dia inteiro em alto mar, onde o civil britânico Dawson (Mark Rylance) leva seu barco de passeio para ajudar a resgatar o exército de seu país, e uma semana na praia, onde o jovem soldado Tommy (Fionn Whitehead) busca escapar a qualquer preço.

Fionn Whitehead, Mark Rylance, Tom Hardy, Harry Styles, Barry Keoghan, Aneurin Barnard, Kenneth Branagh, Jack Lowden, James d’Arcy, Cillian Murphy, Damien Bonnard, James Bloor, Bobby Lockwood, Elliott Tittensor e Bill Milner.

Ambientada durante a 2ª Guerra Mundial onde a Alemanha foi cercada pelos exércitos britânicos e a praia de Dunkirk tem que ser evacuada.

Pessoalmente me incomodou a falta de uma grande história central, da forma que a montagem do filme foi feita o filme traz varias histórias diferentes de diferentes pessoas e nenhum deles é o personagem principal.

A escolha dessa forma de linha narrativa acabou gerando pouca empatia com os demais personagens, embora tenha sim em cada história momentos emotivos e momentos que geram preocupação em relação aos personagens, mas a falta de centralização deixa o expectador até um pouco frio em relação aos personagens, principalmente porque o roteiro não se preocupa em dar um passado para os personagens.

Os vários pontos de vistas são interessantes de se acompanhar, o filme traz a visão da marinha, aeronáutica, exercito e de civis que estavam tentando ajudar e cada um tem forma de se comportar durante a guerra.

Não tem muitos diálogos no filme, mas com certeza toda a tensão e o drama da guerra mantem a atenção do expectador durante o desenvolvimento do filme. É impressionante como Nolan trabalhou bem os soldados inexperientes e as questões emocionais da guerra durante o filme.

Sobre o elenco, não poderíamos deixar de comentar a grande surpresa que foi o Harry Styles na telona, Tom Hardy sempre entregando bons papéis e o elenco no geral conta boas atuações.

Curiosidades rápidas:

  • Esse longa-metragem é o primeiro filme de guerra do diretor Christopher Nolan e também o filme de menor duração do diretor, com apenas 106 minutos.
  • Harry Styles era cantor da banda One direction.
  • A trilha sonora é composta por Hans Zimmer.
  • John Nolan tio do diretor Christopher Nolan, faz uma participação especial no final do filme.

Dunkirk é a dica de hoje! Se já viram deixem suas impressões aqui no blog também.

Confiram o trailer aqui em baixo:

Dunkirk - Comentários
4.0Overall Score
Reader Rating: (4 Votes)
Translate »