Finalmente chegou a vez dela!

O Depois Da Sessão De Cinema já foi conferir e vamos comentar com o minimo de spoillers possíveis o filme da Mulher-Maravilha!

O filme Mulher-Maravilha (Wonder Woman) lançado em 2017 foi dirigido por Patty Jenkins, com roteiro de Allan Heinberg e produzido por Zack Snyder.

Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince (Gal Gadot) nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas.

Quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito.

Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

O filme conta com Gal Gadot, Chris Pine, Connie Nielsen, Robin Wright, Danny Huston, David Thewlis, Elena Anaya, Lucy Davis, Ewen Bremner e Saïd Taghmaoui, em seu elenco.

Finalmente um filme da DC com roteiro equilibrado, momentos engraçados e dramáticos na medida certa! Por ser um filme de origem ele tem uma característica mais explicativa, mas totalmente justificado afinal é o filme que vai estabelecer a personagem no cinema.

Com um ritmo bom, grandes efeitos especiais e sequencias de batalha bem elaboradas, o roteiro traz boa parte da história da personagem escrita por George Pérez, publicada no ano 1987. O quadrinho Mulher-Maravilha: Deuses e Mortais, também apresenta a origem das amazonas e o grande vilão Ares.

No filme apesar de ter algumas mudanças, que eu considero pequenas, a representação da personagem forte com grandes princípios que é capaz de fazer frente a outros super-heróis ainda estava em tela, então fiquei satisfeita com a caracterização da personagem.

A diretora chegou a dar uma declaração a imprensa dizendo que o filme não tem cenas deletadas, que todo o material filmado foi usado e de fato o expectador consegue ver um pouco disso, tem algumas cenas que focalizam no rosto dos atores que pode-se dizer que duram mais que o necessário em alguns momentos.

Claro que se deve valorizar as atuações dos atores, mas algumas cenas conseguiriam passar a mesma mensagem sem levar tanto tempo. Agora isso não é demérito do filme, não me entendam mal, no quesito montagem e edição Mulher-Maravilha é superior a Batman vs Superman.

Apesar de muito se ter falado sobre Zack Snyder depois de Batman vs Superman, em Mulher-Maravilha ainda é possível ver sua influencia na fotografia e claro nas sequencias de ação que utilizam câmera lenta durante as lutas, característica que esta sempre presente nos filmes de Zack Snyder.

A escolha da diretora Patty Jenkins acerto bem no alvo, o filme da Mulher-Maravilha não poderia ser apenas um filme de super herói, existem muitas questões que a personagem levanta e a direto soube bem trabalhar o humor, as questões sociais, o misticismo, que eram imprescindíveis para criar um bom filme e nesse quesito a direto Patty Jenkins foi muito bem.

O filme consegue trazer o empoderamento feminino para tela, é divertido quando ele brinca com o fato da personagem não conhecer como funciona o “mundo dos homens”.

Vamos falar dos atores agora! A interação entre Gal Gadot e Cris Pine ficou muito boa e de fato gerou boas piadas.

A construção da Diana “Prince” feita pela Gal Gadot, ficou interessante de ver em tela e agora que vimos como foi sua origem, como ela se desenvolveu, assistir ao filme da Liga da Justiça onde a personagem já esta estabelecida vai ser ainda mais interessante.

O vilão Ares… Pessoalmente eu gostei da interpretação para não estragar a surpresa com spoillers, não vou mencionar quem é o ator, mas no geral é um bom vilão! Suas motivações são bem claras no filme e na batalha final ele de fato da trabalho para ser derrotado.

Fotografia é outro ponto positivo do filme, Temiscira esta impressionante de fato passa a sensação de uma ilha paraíso, alem desse cenário mitológico temos também a ambientação da 1ª Guerra Mundial.

A trilha sonora que dessa vez ficou por conta de Rupert Gregson-Williams é muito boa, mas a música tema (ouça AQUI) é claro a mais marcante!

Como filme de origem é um bom filme, como filme integrante do universo DC de cinema é ótimo, então com certeza vale a pena assistir!

Curiosidades rápidas

  • Patty Jenkins é a primeira mulher a dirigir um filme de super-heroína.
  • Zack Snyder faz uma participação especial neste filme como um soldado da Primeira Guerra Mundial.

Se já assistiram deixem aqui no blog suas impressões também.

Confira o trailer aqui em baixo e vá ao cinema!

Mulher-Maravilha (2017) - Comentários
4.2Overall Score
Reader Rating: (7 Votes)
Translate »