Luke Cage - A Série
4.4Overall Score
Reader Rating: (11 Votes)

Não é filme… Mas é com certeza uma das grandes estréias da semana, vamos falar da nova série original da Netflix Marvel’s Luke Cage!

A Marvel realmente esta surpreendendo cada vez mais, aproveitando-se o gancho de que tudo se passa no mesmo universo e que os filmes conversam com as séries era impossível deixar de comentar sobre Marvel’s Luke Cage.

 A Série


luke-cage-posterComo Hell’s Kitchen estava muito cheia rsrsrsrs a série se passa no Harlem, um tempo depois dos eventos de Malvel’s Jessica Jones.

A história da série conta a jornada de aceitação do herói Luke Cage (Mike Colter),  que é ex-membro de uma gangue que foi incriminado por um crime. Na prisão, ele faz parte de um experimento onde ele acaba ganhando super-força e sua pele fica a prova de balas. Usando seus novos poderes, Cage escapa e se torna um “herói de aluguel”.

Primeiramente devemos entender que reconstruiram o personagem Luke Cage para a série solo, o personagem da série é diferente dos quadrinhos e também diferente do que já foi visto em Jessica Jones.

O personagem na série esta inserido em um cenários mais atual, mas mantém a referencia e estilo dos filmes antigos de “blaxploitation”, para quem não sabe é o estilo de filme que explora e exibe principalmente atores negros.

A série tem uma fotografia urbana muito interessante e uma trilha sonora bem escolhida! No estilo anos 70 e 80 é ótima, a inclusão dos números musicais de jazz e rap caracterizam muito a série, dando uma identidade própria a Marvel’s Luke Cage. 

É com certeza é uma das produções mais importantes deste ano, por apresentar diversos personagens negros fortes (tanto masculino como feminino) e por ter como tema a história do Harlem e referenciar pessoas importantes para a cultura e história dos EUA, além de apresentar bom ritmo e personagens tridimensionais.

A série aborda bem a questão da responsabilidade “com grandes poderes vem grandes responsabilidade”, contribuir com a sociedade, a forma de tratamento entre os próprios negros e racismo. Traz também a origem do personagem, claro com as adaptações.

Nos Quadrinhos


luke-cage-quadrinhoNos quadrinhos a origem de Luke Cage é a seguinte: Nascido no Harlem, Carl Lucas era um garoto problema, ao lado de seu melhor amigo Willis Stryker se tornou membro de uma gangue durante sua adolescência. Ao perceber como isso colocava sua família em risco e resolveu abandonar essa vida, contudo seu amigo continuou no mundo do crime e começou a namorar com Reva Connors.

Reva, com medo da vida que Willis estava levando, resolveu romper o namoro e acabou buscando consolo nos braços de Lucas. Mais tarde Willis convencido de que seu melhor amigo foi o responsável pelo fim de seu namoro, resolve incriminá-lo escondendo drogas no apartamento de Lucas e chamando a polícia.

Na prisão, Lucas resolve aceitar ser cobaia de um experimento com células derivadas do soro do super-soldado. Durante o procedimento, um policial que não gostava de Lucas tenta sabotar a experiência, mas acaba amplificando ainda mais os resultados. Com seus novos poderes, super-força, super-resistência e pele impenetrável, Lucas escapa da prisão adota o nome de Luke Cage e sai em busca de vingança.

Luke Cage já fez parte de várias equipes de heróis incluindo os Defensores, o Quarteto Fantástico, os Vingadores, os Novos Vingadores, Defensores Secretos, Marvel Knights, Thunderbolts e Heróis de Aluguel.

Os Vilões


 Agora vamos falar dos vilões dessa primeira temporada, pessoalmente eu adoro vilões e a série chega bem representada com dois vilões. 

luke-cage-viloesMahershala Ali foi uma grande escolha para interpretar Cornell Cottonmouth, um vilão com muita classe. Na série, o personagem tem um estilo mafioso e é dono de uma boate de fachada que usa com propósitos completamente fora da lei.

A construção do vilão é tão bem feita que é possível entender suas ações até antes mesmo do personagem ser colocado em tela.

Nos quadrinhos, Cornell era na verdade um traficante de drogas que já tinha incriminado Luke Cage algumas vezes, e apesar de ser importante na história do “herói de aluguel”, não teve mais que dez aparições nas edições lançadas.

O segundo vilão é interpretado por Erik LaRay Harvey, também um bom ator, mas com um desafio de não se tornar o vilão caricato.

Nos quadrinhos, o vilão Cascavel é ex-amigo do herói e conta com truques como veneno, para fazer jus ao nome, além de super força. Cascavel entra para o grupo de vilões Sociedade da Serpente.

Impressões


marvels-luke-cage-posterNa verdade muito do acerto da série esta em sua trilha sonora e seu elenco bem escolhido que conta com Mike Colter, Mahershala Ali, Frankie Faison, Simone Missick, Theo Rossi e Frank Whaley. Além das participações especiais de Sonia Braga e Rosario Dawson.

As sequências de ação são bem interessantes, não supera as coreografias de Marvel’s Demolidor porque afinal de contas um personagem praticamente indestrutível e com super-força não precisa lutar diversos estilos de luta diferentes.

Além dos easter-eggs do MCU (Universo Marvel no cinema) e a conversa com as outras séries que tem impacto e movimentam a trama, a série referencia os quadrinhos também!

Pessoalmente eu gostei muito da referencia ao uniforme clássico dos anos 70 quando ele sai da maquina que da seus poderes esta com uma “tiara” e os “braceletes”.

Pessoalmente eu gostei muito do personagem de Mahershala Ali, Cornell Cottonmouth (Boca de Algodão), e apesar de as vezes inexpressivo o Mike Colter fez um grande trabalho e entregou um personagem que da para torcer!

Depois de Luke Cage o próximo personagem a ganhar uma série solo na Netflix é Daniel Rand, o Punho de Ferro! E veremos novamente Luke Cage, Jessica Jones e Demolidor na série focada no grupo de personagens urbanos Defensores, que vai unir todos esses diferentes personagens.

Com certeza a série é um grande acerto da parceria Marvel/Netflix, vale muito a pena assistir!

O ruim mesmo é ter que esperar muito pela próxima temporada. Confiram o trailer da série aqui em baixo:

Translate »