ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade
4.6Overall Score
Reader Rating: (1 Vote)

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

O filme “ET, o extraterrestre” conquistou crianças e adultos de diversas gerações, consagrando o talento de Steven Spielberg em uma ficção-científica repleta de suspense, drama e humor que registra muitas emoções na mente de cada espectador.

ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

Os personagens principais

O filme começa com a chegada de extraterrestres à Terra, devido a seu grande interesse em estudar as plantas do nosso planeta. Nessa ocasião, agentes do governo surpreendem os extraterrestres, que na tentativa de fugir rapidamente, sem querer deixam um companheiro para trás. Esse alienígena (o E.T.) esconde-se na garagem da casa de Elliot.

 

Passando por uma situação difícil devido à separação recente de seus pais, o garoto Elliot (Henry Thomas) encontra-se carente e solitário, apesar de viver com sua mãe (Dee Wallace), seu irmão mais velho (Robert Mcnaughton) e sua irmã caçula (Drew Barrymore) em um subúrbio da Califórnia.

Ao se encontrarem, ambos se assustam, mas ao mesmo tempo se identificam, pois Elliott é uma criança solitária, sem amigos, e o E.T está perdido e assustado em um planeta para ele desconhecido.

A figura do extraterrestre encanta o garoto, que junto com seus irmãos, decide ajudar o E.T. a voltar para casa, ao mesmo tempo que precisa esconder da sua mãe a presença do visitante em casa.

 

Amizade e empatia

ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

Enquanto Elliot tenta fazer contato com o planeta do E.T., para que ele volte para casa e ainda faz de tudo para evitar que seu amigo seja transformado em cobaia, uma forte conexão mental surge entre eles, fazendo com que um sinta as sensações e emoções do outro.

Aqui, Spielberg ilustra com sucesso o valor da verdadeira amizade, não importando se ela acontece entre seres humanos ou não.

Muitas pessoas se identificam com esses personagens, pois este sentimento de amizade incondicional, aqui representado para com um extraterrestre, pode acontecer também para com um animal de estimação ou até mesmo um amigo imaginário.

A captura do E.T.

ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

Ao mesmo tempo em que agentes do governo seguem com suas investigações em busca de alienígenas e começam a vigiar a casa de Elliot na tentativa de encontrar o E.T., ele demonstra a capacidade de curar uma planta e até mesmo o machucado no dedo de Elliot.

Quando os agentes governamentais capturam o E.T. e criam uma junta médica para analisar as suas características e habilidades, ele aparentemente morre, e ao conseguir “escapar”, volta a viver e revela a Elliott que seus amigos extraterrestres estão chegando à Terra para buscá-lo.

 

A volta para casa
ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

Elliott tenta então proteger o E.T. em sua jornada de volta ao seu planeta, evitando que ele seja capturado. Enquanto eles fogem, o E.T., através de sua capacidade de telecinésia, faz com que as bicicletas voem até chegar à nave espacial que vai resgatá-lo.

O filme termina com o agradecimento do E.T. a Elliott e seus irmãos pela ajuda. Nesse momento ele vira-se para Elliott, com o coração a brilhar, e lhe diz que vai estar sempre com Elliott, apontando para a sua mente.

Esta cena de despedida nos faz lembrar de que não importa a distância e nem as diferenças que possam existir entre dois seres, e reafirma a mensagem central do filme de que não existe nada mais puro e verdadeiro do que a amizade.

ET, o extraterrestre - o enredo da sensibilidade

ET, o extraterrestre – o enredo da sensibilidade

About The Author

Gosta de Assistir filmes, frequentador acidou de cinema. Mesmo em viagens não deixa de ver uma estreia local. Já viu tantos filmes que chega a assistir novamente só para lembrar de como era a história toda. Ama animação que chega a parecer uma criança.

Related Posts

Translate »