Hoje a dica tem um formato diferente! Vai ser um 3 em 1, vamos falar dos filmes da franquia Bourne!

identidade-bourneA Identidade Bourne (The Bourne Identity) o primeiro filme da franquia foi lançado em 2002 dirigido por Doug Liman, com roteiro de Tony Gilroy e William Blake Herron. O filme é a adaptação do livro de mesmo nome escrito por Robert Ludlum.

Após ficar à beira da morte, por ter sido baleado, um desconhecido (Matt Damon) acorda sem memória em uma costa do Mar Mediterrâneo. Quando ele se recupera, só encontra uma única pista sobre sua identidade: um chip que estava implantado em seu quadril. No chip estava gravado o número da conta de um banco de Zurique, na Suíça. No cofre deste banco suíço ele descobre que se chama Jason Bourne e que mora em Paris, mas também acha alguns passaportes falsos. Paralelamente, é perseguido inexplicavelmente por pessoas que lhe querem morto, e nessas circunstâncias, descobre que possui uma série de conhecimentos em técnicas de combate, além de falar fluentemente vários idiomas.

Marie, uma desconhecida, cruza seu caminho e oferece a proposta de lhe dar dinheiro por uma carona, porem seja quem for que quer Bourne morto passa a perseguir Marie também. Juntos, planejam achar uma saída para toda essa situação e descobrir a verdade sobre o nome Jason Bourne.

O filme é estrelado pelo Matt Damon e conta também com Franka Potente, Chris Cooper, Julia Stiles, Clive Owen, Brian Cox e Adewale Akinnuoye-Agbaje, em seu elenco.

Com um ritmo lento, o roteiro desenvolve um bom suspense em cima do passado do personagem principal.

Boas sequências de ação e lutas bem coreografadas. Adoro a trilha sonora do filme, impossível não reconhecer a música tema do personagem Jason Bourne.

Curiosidade rápida:

  • É a segunda vez que o livro escrito por Robert Ludlum é adaptado como longa-metragem. A anterior havia sido um telefilme também chamado A Identidade Bourne, lançado em 1988.
  • A trilha sonora foi composta por John Powell.
  • O filme teve um orçamento de U$ 60 milhões e arrecadou mundialmente mais de U$ 214 milhões.

A Supremacia BourneO segundo filme A Supremacia Bourne (The Bourne Supremacy) lançado em 2004 foi dirigido por Paul Greengrass, com roteiro de Tony Gilroy.

“Eles roubaram sua identidade. Agora ele a quer de volta”

Dois anos após os acontecimentos do primeiro filme, Jason Bourne têm levado uma vida anônima ao lado de Marie, deixando para trás seu passado como matador. Constantemente mudam de endereço quando suspeitam que foram descobertos. Um agente russo aparece na vila onde moram e assassina Marie por engano. Isso, somado a uma ameaça internacional de perseguição, faz Jason confrontar velhos inimigos.

O filme é estrelado por Matt Damon, os atores Franka Potente, Brian Cox e Julia Stiles voltam a fazer seus papéis e conta também com Karl Urban, Gabriel Mann, Marton Csokas e Joan Allen, em seu elenco.

Com uma trama mais elaborada e com a volta de personagens, a sequência é muito bem feita. Oferece ao expectador algumas explicações e expande os mistérios que envolvem os personagens.

O ritmo é mais acelerado, tem sequências de ação ainda mais elaboradas e impressionantes. Pessoalmente, é em todos os sentidos melhor que o primeiro filme.

Curiosidade rápida:

  • O filme teve um orçamento de U$ 75 milhões e arrecadou mundialmente mais de U$ 288 milhões.

The-Ultimatum-BourneO terceiro filme O Ultimato Bourne (The Bourne Ultimatum) lançado em 2007 foi dirigido por Paul Greengrass novamente, com roteiro de Tony Gilroy, Scott Z. Burns e George Nolfi.

“Ele lembra de tudo! E não perdoa nada”

Jason Bourne é uma arma humana criada pelo governo e perseguido pela CIA. Após sua última aparição, ele decidiu sumir definitivamente e esquecer sua antiga vida de matador. Entretanto, uma matéria em um jornal de Londres especulando sua existência, faz com que ele se torne um alvo outra vez. O projeto Treadstone, que deu origem a Bourne, já não existe mais, porém serviu de base para um novo projeto: o Blackbriar, desenvolvido pelo Departamento de Defesa. O Blackbriar desenvolve uma nova geração de matadores treinados, o governo acredita que Bourne é uma ameaça e deve ser eliminado imediatamente.

Ao mesmo tempo, Bourne vê neles a oportunidade de descobrir quem realmente é e o que fizeram com ele enquanto o Treadstone esteja ativo. Agora, Bourne conta com a ajuda de Nicky Parsons e Pamela Landy para isso.

Novamente estrelado por Matt Damon, o filme conta tambem com Julia Stiles, David Strathairn, Scott Glenn, Paddy Considine, Edgar Ramirez, Albert Finney e Joan Allen, em seu elenco.

O ritmo do filme acelera ainda mais que nos dois primeiros filmes e finalmente tanto o protagonista como o expectador recebem as respostas que os dois primeiros filmes seguram de forma muito inteligente.

As sequências de ação novamente surpreendem, o nível aumentou em comparação ao segundo filme (que ainda sim continua meu preferido). O roteiro fecha muito bem o arco do personagem.

Curiosidades rápidas:

  • O filme teve orçamento de U$ 110 milhões e arrecadou mundialmente mais de U$ 442 milhões.
  • Embora todos os três filmes sejam comercialmente bem sucedidos e receberam boa reepção da crítica, The Bourne Ultimatum é o único filme da trilogia que teve nomeação ao Oscar e ao Bafta.
  • O filme venceu o Oscar 2008 nas categorias de “Melhor edição”, “Melhor edição de som ” e “Melhor mixagem de som” e o BAFTA nas categorias de “Melhor edição de som” e “Melhor montagem”.

O universo de Jason Bourne é tão grande e rico em personagens que abriu as portas para um quarto filme.  O Legado Bourne (The Bourne Legacy) lançado em 2012, esta dentro da cronologia, os acontecimentos da trilogia Bourne influenciam e afetam esse quarto filme, porem O Legado Bourne funciona como um spin-off e não uma sequência diretamente. Você pode conferir os comentários sobre o filme nesse link AQUI.

A franquia Bourne vale a pena assistir, é um bom suspense misturado com espionagem. É um bom entretenimento. Então fica a dica e aguardem que vai ter post sobre o quinto filme da franquia que será lançado em breve nos cinemas.

Translate »