Hoje o Depois Da Sessão De Cinema vai quebrar a primeira e a segunda regra do Clube da Luta e comentar sobre o filme Clube da Luta!

clube-da-luta-posterO filme Clube da Luta (Fight Club) lançado em 1999 foi dirigido por David Fincher, com roteiro de Jim Uhls. Baseado no romance de Chuck Palahniuk, publicado em 1996. O longa-metragem apesar de ser considerado um filme “Cult” esta presente em todas as listas de filmes que você precisa ver antes de morrer.

O filme já tem mais de 17 anos e ainda é referencia em estrutura narrativa.

Spoillers liberados! (Fica o aviso)

O filme conta a história de Jack (Edward Norton) que é um executivo jovem, trabalha como investigador de seguros, mora confortavelmente, mas ele está ficando cada vez mais insatisfeito com sua vida medíocre. Para piorar ele está enfrentando uma terrível crise de insônia, até que encontra uma cura inusitada para o sua falta de sono ao frequentar grupos de auto-ajuda. Nesses encontros ele passa a conviver com pessoas problemáticas como a viciada Marla Singer (Helena Bonham Carter) e a conhecer estranhos como Tyler Durden (Brad Pitt).

Misterioso e cheio de ideias, Tyler apresenta para Jack um grupo secreto que se encontra para extravasar suas angústias e tensões através de violentos combates corporais.

clube-da-luta-cena-01

Com um discurso extremamente politizado o filme não trata apenas de violência, mas faz uma analise da vida do “homem comum” descontente com seu emprego e sem entender seu papel na sociedade. O personagem passa a vida procurando um sentido pra vida dele.

A estrutura narrativa de David Fincher trouxe para as telonas a novidade do narrador não confiável, que conforme o desenvolvimento do filme passa a se projetar nos personagens.

clube-da-luta-15cena

É possível fazer um paralelo do narrador com o personagem Gollum de Senhor dos Anéis. Aos poucos o personagem de Edward Norton definhava e emagrecia, uma metáfora para comparar o personagem há um drogado.

Já o personagem de Brad Pitt segue o caminho inverso, pois é a visão de como o personagem se enxerga, e por isso conforme o filme se desenvolve o personagem fica mais forte e bronzeado.

Apesar do filme já ser antigo, um de seus maiores trunfos do filme com certeza é a reviravolta, onde tudo é explicado e o expectador percebe que os personagens mesmo completamente diferentes estão intimamente ligados (pode ser dizer até que são a mesma pessoa… Entendedores, entenderão rsrsrs).

clube-da-luta-cena

O filme é estrelado por Brad Pitt, Edward Norton, Helena Bonham Carter, Meat Loaf e Jared Leto, em seu elenco.

É interessante que apesar do bom elenco e da narrativa o filme dividiu as criticas e não atingiu as expectativas do estúdio nas bilheteiras. Somente anos mais tarde o filme virou um sucesso comercial com o lançamento em home-video, que estabeleceu o filme como “Cult”.

Curiosidades rápidas:

  • Tyler Durden e Marla são, na verdade, personagens baseados em pessoas reais. Chuck Palahniuk se inspirou em seis amigos dele ao escrever a história.
  • O diretor David Fincher usou cerca de 1500 rolos de filme em Clube da Luta, mais de três vezes do que a quantidade normal utilizada em um filme de 120 minutos.
  • Edward Norton perdeu cerca de 8 quilos para atuar em Clube da Luta.
  • A cena de sexo foi modelada como se o Monte Rushmore transasse com a Estátua da Liberdade. Foi feita em computação gráfica com muitos dias de gravação de sons de orgasmo da Helena Bonham Carter.
  • Brad Pitt e Edward Norton estavam realmente bêbados em cena, não era apenas uma boa atuação.
  • O filme recebeu indicação de “Melhor Edição de Som” no Oscar.

O filme tem uma ótima fotografia e um estilo visual inovador, mesmo antigo vale muito a pena assistir.  Foi um dos filmes mais controversos e falados de 1999  e tem repercussão até hoje.

Clube da Luta é a dica de hoje! Vejam se ainda não viram e deixem suas impressões nos comentários.

Confiram também o trailer do filme aqui em baixo:

Clube da Luta (1999) - Comentários
4.4Overall Score
Reader Rating: (17 Votes)
Translate »