Finalmente estreou Batman vs Superman: A Origem da Justiça! Um dos filmes mais esperados desse ano, o Depois Da Sessão já viu e vamos comentar o filme sem spoillers.

“Dia versus Noite, Deus versus Homem, o filho de Krypton versus o morcego de Gotham”

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice-posterQuem ganha ??? Os fãs e expectadores com certeza!

Uma das grandes apostas da DC para competir na industria de cinema, Batman vs Superman: A Origem da Justiça (Batman v Superman: Dawn of Justice) lançado em 2016, é o primeiro passo para o calendário de filmes da DC.

Batman vs Superman: A Origem da Justiça foi dirigido por Zack Snyder, com roteiro de Chris Terrio e David S. Goyer. O roteiro tem como base o quadrinho Batman – O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight Returns), criada por Frank Miller e publicada em 1986.

E também o longa-metragem traz elementos da animação que foi divida em duas partes, Batman – O Cavaleiro das Trevas Parte 1 e Batman – O Cavaleiro das Trevas Parte 2, lançadas em 2012 e 2013 respectivamente.

O filme faz ligação direta com o filme O Homem de Aço (Man of Steel, 2013).

Após os eventos de O Homem de Aço, toda a destruição de Metrópolis divide a opinião da população mundial sobre o novo salvador Superman (Henry Cavill). Enquanto muitos contam com ele como herói, chegando ao ponto de adora-lo como um “Deus” e principal salvador, vários outros não concordam com sua permanência no planeta e que o falso “Deus” deve responder pela destruição causada na cidade. O famoso bilionário Bruce Wayne (Ben Affleck) está do lado dos contrários ao Superman, acreditando que Superman tenha trazido a guerra até eles, e decide usar sua força de Batman para enfrentá-lo. Enquanto os dois brigam, novas ameaças ganham força.

O filme é estrelado por Ben Affleck e Henry Cavill, o filme conta também com Amy Adams, Jesse Eisenberg, Diane Lane, Laurence Fishburne, Jeremy Irons, Holly Hunter e Gal Gadot, em seu elenco. Com participação especial de Jason Momoa, Ray Fisher e Ezra Miller.

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice-lex-luthor

Tudo explicado Lex Luthor criou o facebook! O Lex Luthor de Jesse Eisenberg tem um “tom” caricato, diversos trejeitos diferem do personagem do quadrinho que também é diferente do personagem nas animações, mas traz a tona uma racionalidade e uma perturbação psicológica ainda não vista nas representações do personagem para o cinema.

O sentimento de impotência que gera na população com a chegada do Superman e pela forma de pensamento que o filme apresenta do personagem, em certos momentos é possível ligar o Batman ao Lex Luthor, ambos vêem no Superman uma ameaça. A frase “Se o homem não derrotar Deus, o demônio o fará” faz esse paralelo entre os personagens.

batman-vs-superman-cena

A apresentação de um Batman já experiente e com muita força bruta, representa bem o “tom” mais sombrio do filme. O filme todo tem um clima de tensão muito forte e a trilha sonora de Hans Zimmer e Junkie XL também ajudam a criar essa atmosfera.

A fotografia e o visual do filme estão impressionantes, a armadura do Batman ficou muito boa, muito semelhante ao quadrinho/animação. O batmóvel eu confesso que preferia o da trilogia Nolan, mas esse modelo “esportivo” gerou uma cena muito boa de perseguição.

A luta entre o Batman e o Superman foi bem coreografada, pessoalmente eu gostei muito da sequência e a sequência de luta do Batman com os capangas contratados pelo Lex Luthor também foi ótima.

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice-cena3

O confronto entre os personagens é apenas uma parte da história, a trama secundária que vai gerar as novas ameaças cumprem seu objetivo de expandir o Universo Cinematográfico da DC. Nos arquivos de Lex Luthor temos uma pequena apresentação dos outros membros da Liga da Justiça, e quero ver as pessoas contuarem a fazer brincadeiras com o Aquaman depois que Jason Momoa representa-lo na telona, só a curta referencia já mostrou que o Rei de Atlantis vai ser poderoso.

Eu confesso que fui uma das pessoas que criticou a escolha da atriz Gal Gadot para fazer a Mulher-Maravilha, eu esperava uma escolha no porte da atriz Jaimie Alexander (atriz que interpreta a Lady Sif na concorrência rsrsrsrs), mas Gal Gadot não surpreendeu só em porte físico que já ficou mais adequado a personagem, mas em atuação também. Não sei como vai ser um filme solo da personagem, mas minhas expectativas aumentaram bastante.

A interação entre Bruce Wayne/Batman e Diana/Mulher-Maravilha foi muito interessante de ver na telona, e a forma como a personagem foi inserida na trama, com certeza valeu o tempo de espera para a personagem ser representada.

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice-cena5

A cena de luta do Batman no deserto contra o que parece ser um esquadrão treinado que apoia o Superman apesar de ser uma cena incrível, é a promessa de que um grande vilão vai aparecer nos próximos filmes.

Não é spoiller que a cena é apenas um sonho/premonição, isso foi confirmado pelo diretor meses antes do lançamento e todos que viram o ultimo trailer puderam conferir o easter-eggs de Darkseid (se você não viu o símbolo de Apokolips na areia, o trailer final esta aqui em baixo no post).

Batman-v-Superman-Dawn-of-Justice-cena4

Outro easter-eggs é a participação de Flash (Ezra Miller) e Ciborg (Ray Fisher) no filme, também já havia sido confirmada pelo estúdio antes do lançamento do longa-metragem.

O que me incomodou… É nem tudo foram flores! O roteiro amarrou de forma muito corrida as duas histórias Batman – O Cavaleiro das Trevas e Superman: Doomsday. Mais uma vez tivemos que ver a morte de Thomas e Martha Waynes. O Batman ser tão facilmente manipulado, durante a luta final com o Apocalypse o Superman deixa o Batman e a Mulher-Maravilha lutando para novamente salvar a Lois Lane e o final do filme que sem spoillers teve muita comoção para uma coisa que não vai durar.

O filme realmente não vai agradar a todos! Ele peca um pouco por excesso, mas se esforça para transformar todas as lutas em uma coisa épica (e foram convenhamos).

Curiosidades rápidas:

  • O filme marca a primeira vez em que a Mulher-Maravilha aparece nos cinemas, a Warner tentava levar a personagem ao formato desde 1996. Até então a Mulher-Maravilha só havia sido retratada em séries de televisão.
  • Jena Malone interpretou Barbara Gordon, e teve sua participação cortada da edição final do filme para o cinema, mas vai estar na versão estendida do Blue-Ray.
  • Batman v Superman dará continuidade ao Universo Cinematográfico da DC e Zack Snyder dirigirá os dois filmes da Liga da Justiça (Liga da Justiça – Parte 1 e Parte 2).

O filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça eu gostei bastante e é a dica de hoje! Vejam e depois deixem nos comentários suas impressões.

Confiram também o trailer final do filme aqui em baixo:

 

Batman vs Superman: A Origem da Justiça - Comentários
4.0Overall Score
Reader Rating: (23 Votes)
  • Eduardo Simonini

    Assisti ao filme hoje com minha esposa. Ela não lê quadrinhos, mas me acompanhou por conta da curiosidade que também ficou a respeito desse filme, dada a grande polêmica. Eu disse a ela: “vamos sem muitas expectativas porque há críticas severas ao filme, dizendo que a edição é horrível, que a narrativa é confusa, que é um ‘transformers da DC’ ” , etc, etc. Ao final do filme ela se virou para mim e disse: “é um filme tenso, mas de uma tensão que não deixa a gente desgrudar da história”. Bem, faço dela a MINHA opinião. O filme é excelente, traz questionamentos muito interessantes sobre Deus, poder, bondade, esperança. Não dá a história de mão beijada, exigindo um pouquinho do espectador para montar a trama, uma vez que as peças da mesma são apresentadas como um pequeno quebra-cabeça. Mas digo, que não é nada difícil de montar e acompanhar. Não há comédia (fora uma ou duas pequenas cenas) e o próprio tom do filme pouco autoriza isso. Mostra a que veio, preparando terreno para os outros filmes da DC e dando a entender que estarão conectados em uma história muito maior. Apresenta um Batman que retorna às origens do personagem nos quadrinhos: um Batman com uma arma na mão e muiitttooo violento. Por outro lado, nos apresenta um Super-Homem tomado em dúvidas quanto a seu papel frente à humanidade que o ama e odeia. Há uma narrativa muito bem construída no meu entender, que está a anos luz de Transformers :-). E posso ousar dizer que gostei muito mais deste filme do que mesmo de “Star Wars: o despertar da força”, que, para mim, apenas repetiu a fórmula de “Uma Nova Esperança”. Quanto a Batman vs Superman, além de várias referências aos quadrinhos, respira ousadia e novidade; arrisca; incomoda no risco, mas é, no meu entender, uma obra para a qual vale a pena tirar o chapéu.

    • Muito obrigada pelo comentário XD!

      Realmente o ritmo lento do filme como alguns apontaram se justifica porque estava se construindo uma tensão! É um filme bem montado a ao me ver cumpre o papel de construir algo maior como você disse porque esse filme é a entrada para o filme da Liga da Justiça
      A essência do filme não obriga as pessoas a verificar as referencias (ler os quadrinhos rsrsrs), pra mim já é difícil compara Transformers e Star Wars: O Despertar da Força porque cada um tinha uma proposta diferente.
      Eu sai do filme Batman vs Superman querendo ver muito mais dos personagens e do universo criado, acho que por isso apesar de duras críticas o filme esta batendo recordes de bilheteria.

  • Sávio Morais Cristofoletti

    Michael Keaton e Val Kilmer também insistiram para que os fãs dessem uma chance a Ben Affleck de provar seu valor como Batman, até Christian Bale deu conselhos a ele quando soube que assumiria o papel agora!

    Adam West, Michael Keaton, Val Kilmer e George Clooney são excelentes atores em minha opinião, mas prefiro muito mais Christian Bale e Ben Affleck, eles deram a profundidade exata ao papel a meu ver, começando por Ben Affleck!

    • Obrigado pelo comentário!
      É verdade Ben Afleck realmente correu atrás para entender o personagem o Batman desse filme é já um Batman cansado que deve ter passado por muitos problemas então deve ter sido, mas dificil tambem
      Acho que como Bruce dava pra desenvolver mais… Mas como Batman Ben Afleck ficou ótimo

Translate »