Acompanhando as estreias da semana, para mais uma rapidinha, vamos falar do novo filme do John Green, Cidades de Papel!

O filme Cidades de Papel (Paper Towns) lançado em 2015 foi dirigido por Jake Schreier, com roteiro de Scott Neustadter e Michael H. Weber. O filme é baseado no livro, de mesmo nome, escrito por John Green, tembém escritor de A Culpa É das Estrelas.

O filme conta a história de Quentin Jacobsen (Nat Wolff), um garote que nutre uma paixão platônica pela vizinha de escola Margo Roth Spielgeman (Cara Delevingne) desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma. Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Quentin vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.
Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Quentin se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.
Um dos pontos positivos mais importantes para se falar desse filme é a boa construção dos personagens e desenvolvimento da história. Gostei muito da mensagem do filme e me identifiquei com a ideia de não ficar esperando a vida acontecer e que devemos viver ao máximo todos os dias. A forma como o personagem principal Quentin é tirado de sua zona de conforto e envolto no mistério do desaparecimento da garota que amava (na verdade ele amava o ideal que ele fazia dela) e como ele foi forçado a começar a viver e a desconstrução da personagem da Margo, ficou muito bem representada em tela. A trilha sonora que foi toda produzida por John Debney e Son Lux é outro grande acerto do filme.
O filme conta com Nat Wolff, Cara Delevingne, Justice Smith, Austin Abrams, Halston Sage, Jaz Sinclair e Cara Buono, em seu elenco. Um elenco muito coeso e que tem uma ótima dinâmica em tela.
O filme Cidades de Papel, é um filme lindo que vale a pena ser visto, então fica a dica.
"Rapidinha" Cidades de Papel - Comentários
3.6Overall Score
Reader Rating: (3 Votes)
Translate »