Acompanhando as estreias da semana, a escolha de hoje é uma das estreias mais aguardadas do ano de 2015, vamos falar do filme Mad Max: Estrada da Fúria!

O filme Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road) lançado em 2015, dirigido por  dirigido, produzido e co-escrito por George Miller que divide o roteiro com Brendan McCarthy e Nico Lathouris. O filme é o quarto longa-metragem da “séria” e pode ser considerado um remake do original de 1979 dirigido também por George Miller e estrelado por Mel Gibson. O filme faz ate referencia ao antigo bem no inicio quando diz que primeiro a guerra era por gasolina e que a agora a guerra era por água.
A história do longa-metragem é a seguinte um guerreiro das estradas (Tom Hardy) que perseguido pelo seu turbulento passado, acredita que a melhor forma de sobreviver é não depender de mais ninguém para além de si próprio. Após capturado por salteadores no deserto, ele acaba por se juntar a um grupo de fugitivas que atravessa a Wasteland, numa máquina de guerra conduzida por uma Imperatriz de elite, Furiosa (Charlize Theron). Este bando está em fuga de uma Cidadela tiranizada por Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne). Exasperado com a sua perda, o Senhor da Guerra reúne o seu exercito e inicia uma mortal perseguição.
Dessa vez a história ganha uma nova roupagem ainda que muito semelhante fotograficamente ao segundo filme de sua trilogia anterior, mas que tem um nível de qualidade muito superior! Que deserto é esse? Muito bem feito, a tempestade de areia é impressionante. A tecnologia 3D foi bem utilizadas em algumas cenas, contudo poderia ser melhor aproveitada devido a grande quantidade de explosões no filme.
Pela forma que o remake foi estruturado eu acredito que a nova trilogia, já que Tom Hardy tem contrato para três filmes, seguira a formula da franquia 007 que utiliza o mesmo personagem, mas vai mudando o ator de tempos em tempos, o que na minha opinião é uma boa jogada, pois da oportunidade para se renovar a franquia sempre que necessário.
O filme conta com elenco de Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Hugh Keays-Byrne, Zoë Kravitz, Rosie Huntington-Whiteley, Josh Helman, Nathan Jones e Josh Helman. Menção honrosa para Charlize Theron que fez uma das personagens femininas mais fortes dos últimos anos, personagem que com certeza sempre sera lembrada e para o personagem de Nicolas Hoult uma frase o define ” – What a lovely day!”.
O filme pode ser resumido em ação… Ação desenfreada e mais ação. Para os grandes fãs de filme de ação, a qualidade do filme é impecável nesse quesito. Tendo dito isso, me incomodou a modulação da voz de Tom Hardy que a meu ver não tinha a necessidade, ainda que o personagem seja semi mudo… A impressão que ficou é que tentaram recriar o Bane (Dark Knights Rises).
O desenvolvimento dos personagens foi muito rápido, mas precisava ser devido aos muito pequenos intervalos entre as cenas de ação. E para uma pessoa como eu que não assistiu a trilogia original, faltou algumas explicações, como porque os garotos de guerra tinham apenas meia-vida, Immortan Joe e seus filhos tinham problemas de respiração ou usavam o oxigênio para ficar mais forte (olha ai a referencia Bane de novo rsrsrs), porque as pessoas estavam nascendo deformadas entre outras. Mesmo com esses questionamentos o entretenimento é garantido e a forma de narrativa do filme é muito boa para o espectador entrar de cabeça na ação.
O filme Mad Max: Estrada da Fúria é um grande filme de ação, tem grande efeitos especiais, muitas explosões, emocionante do começo ao fim, então fica a dica.

#MadMaxFuryRoad   #WhatALovelyDay
Mad Max: Estrada da Fúria - Comentários
4.0Overall Score
Reader Rating: (4 Votes)
Translate »