Hoje o filme escolhido é Resident Evil: O Hóspede Maldito!
O filme Resident Evil: O Hóspede Maldito (Resident Evil) foi escrito e dirigido por Paul W. S. Anderson foi lançado em 2002, baseado na série de jogos de video games da Capcom de mesmo nome.
A história foca na personagem Alice (Milla Jovovich), que acorda sem memória numa mansão localizada nos arredores de Raccoon City. Um esquadrão de elite da Umbrella Corporation invade o local e obriga ela e um jovem desconhecido chamado Matt (Eric Mabius) a irem com eles para a Colméia, um gigantesco laboratório subterrâneo de pesquisa e desenvolvimento, onde a Inteligência Artificial Rainha Vermelha mata todos os funcionários para que o T-Vírus não causasse uma infecção que fosse para a superfície após uma sabotagem.
No caminho em um metrô, para a Colméia, eles encontram Spence Parks (James Purefoy), o “companheiro” de Alice que junto com a moça eram agentes de segurança da mansão para proteger o sigilo do laboratório.
A missão do esquadrão e de Alice é desligar a Rainha Vermelha e coletar dados sobre o incidente. No entanto, todos os trabalhadores foram transformados em zumbis famintos por carne humana que caçam suas vítimas dentro do próprio complexo.
Primeiramente o filme não foca nos mesmos personagens que o video game, a personagem da Alice foi criada para o longa-metragem, se os espectadores esquecerem-se do video game o entretenimento é garantido.
Tendo dito isso, dentro do roteiro tem algumas incoerências. A premissa do filme é que basta uma mordida ou arranhão de um dos infectados para que haja uma contaminação e se transformem em zumbi, no entanto, Rain (Michelle Rodriguez) acaba também sendo infectada e se torna uma zumbi, mesmo tendo tomado o anti-vírus adquirido por Alice.
Cenas boas de lutas e direção de arte e maquiagem ótimas, os zumbis deste filme são bons, na minha opinião. O roteiro combina bem os gêneros terror e ação. 
Sobre o elenco, esse filme aumentou o “hype” da Milla Jovovich que já vinha do Quinto Elemento, a Michelle Rodriguez sendo Michelle Rodriguez, acho demais que na maioria dos filmes ela interpreta ela mesma sempre muito “bad-ass“. James Purefoy esta muito canalha nesse filme. O longa conta também com Eric Mabius, Martin Crewes, Colin Salmon, Liz May Brice e Pasquale Aliardi. Menção honrosa da garotinha Michaela Dicker que faz o holograma do mal da Rainha Vermelha “- Vocês todos vão morrer aqui”. Poucas falas, mas uma cara maligna e intimidadora.
Outro ponto positivo a trilha sonora de Marco Beltrami (Mimic, e toda a série Pânico/Scream) e Marilyn Manson que ambientam as cenas de lutas/ação.
O filme termina com ganchos para o a sequencia Resident Evil: Apocalypse (2004), onde cientistas e médicos da Umbrella capturam Alice e Matt. Posteriormente Matt é colocado no programa Nêmesis e Alice é infectada, sem saber das consequências do vírus no seu corpo. No final do filme, Alice escapa do Hospital de Raccoon City. Ao sair de lá, ela encontra a cidade devastada.
Da franquia eu vi todos os filmes, mas eu realmente gosto do 1º O Hóspede Maldito, o 3º A Extinção (2007) e o 5º Retribuição (2012).
O filme Resident Evil: O Hóspede Maldito, é o inicio de uma franquia de filmes boa para fazer maratona, então fica a dica.
Resident Evil: O Hóspede Maldito - Comentários
3.5Overall Score
Reader Rating: (5 Votes)
Translate »