Acompanhando os filmes de maior repercussão nas premiações de 2015, vamos falar do filme Whiplash – Em Busca da Perfeição!
 

O filme Whiplash – Em Busca da Perfeição (Whiplash) é um filme de drama escrito e dirigido por Damien Chazelle lançado em 2014. A produção desse filme é interessante porque começou como um curta-metragem. O curta recebeu o prêmio do júri de melhor curta-metragem do Festival de Sundance de 2013 e vendo o potencial se tornou um longa-metragem, por isso que o filme concorre na categoria de Melhor Roteiro Adaptado no Oscar 2015. Já faço menção honrosa ao elenco porque o filme foi gravado em apenas 19 dias, e a entrega e preparação dos personagens é impressionante, digo desde já que o elenco esta fantástico.

A história gira em torno do personagem Andrew Neiman (Miles Teller) que é um estudante baterista de jazz do melhor conservatório dos Estados Unidos, ainda que seja o baterista reserva em sua turma, o mesmo pretende ser um dos grandes músicos, como seu ídolo Buddy Rich. Em sua jornada para atingir seu sonho ele encontra pela frente Terence Fletcher (J. K. Simmons) um professor do conservatório extremamente exigente com seus alunos. Após ser recrutado pelo professor que está a procura de músicos para a banda da escola, ele descobre que os métodos duros de Fletcher em busca da perfeição podem passar dos limites.
Eu gostei muito da mensagem de superação de um artista, o que realmente é necessário para alcançar os sonhos e como para alcançar é necessário dar o sangue e suor.  O roteiro é tão poderoso e inteligente que ate o plano de fundo passa uma mensagem importante sobre a relação de aluno e professor, que muitos espectadores vão se identificar.
Sobre o elenco esse filme mostrou a evolução de Miles Teller, ele tem muito potencial e com certeza no futuro vai surpreender se o filme do Quarteto Fantástico não estraga-lo! A atuação de J. K. Simmons pode ser descrita em uma palavra “perfeita” o papel foi escrito para ele, e a dinâmica de Miles Teller e J. K. Simmons carrega muito bem o filme. Não desmerecendo o restante do elenco Austin Stowell, Paul Reiser, Melissa Benoist que apoia os personagens muito bem, mas é um filme de 2 personagens e personagens tão bem construídos que não foi surpresa o J. K. Simmons ter recebido indicação de melhor ator coadjuvante no Globo de Ouro, no SAG, no BAFTA e no Oscar. O professor exigente e perfeccionista com uma metodologia polemica e diferente, ate pode ser considerada politicamente incorreta foi perfeita digo novamente, e fico triste de Miles Teller não ter recebido pelo menos a indicação de Melhor Ator por iniciante que ele seja comparado aos nomes que estão disputando a categoria nas premiações.
A fotografia do filme é muito bonita e minimalista. Embora ambientado em Nova York o longa-metragem tem poucos cenários a forma que escolhida pelo diretor para conduzir as gravações foi bem intimista e pelo tempo que levou o filme para ser gravado demonstra que essa era intenção do diretor. A mixagem e edição de som é outro ponto positivo deste filme as duas canções Caravan de Juan Tizol e Whiplash de Hank Levy executadas no filme mereciam ter sido consideradas na categoria de Melhor trilha sonora, mas o filme ja conta com varias indicações e ele não precisa de tudo isso para demostrar o quanto esse filme é bom.
Acho que já ficou claro que eu gostei muito do filme Whiplash – Em Busca da Perfeição e para aqueles que gostam do gênero de drama e quem esta acompanhando as premiações, meu conselho é que corram para assistir! E para aqueles que simplesmente gostam de bons filmes o conselho é o mesmo corram para assistir porque vale a pena, então fica a dica.
Whiplash – Em Busca da Perfeição - Comentários
4.0Overall Score
Reader Rating: (6 Votes)

About The Author

Amante de bons filmes, acredita que o cinema tem a missão de tornar sonhos realidade. Tem medo de filmes de terror e evita drama para não chorar no cinema.

Related Posts

Translate »