Acompanhando os filmes indicados ao Oscar 2015, o Depois Da Sessão correu para conferir e trazer exclusivamente este filme, vamos falar de Sniper Americano!
O filme Sniper Americano (American Sniper) foi lançado em no natal de 2014 nos EUA e só chegou ao Brasil em fevereiro de 2015. Dirigido por Clint Eastwood e escrito por Jason Hall, é baseado na autobiografia American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Military History, de Chris Kyle. O filme chegou ao circuito americano surpreendendo os espectadores, além de líder de bilheteria está concorrendo ao Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator (Bradley Cooper), Roteiro Adaptado, Edição e Mixagem de Som, mas vamos falar do filme!
A cinebiografia conta a história de vida de Chris Kyle (Bradley Cooper), com 255 mortes, 160 delas confirmadas oficialmente pelo Pentágono, Kyle é o atirador mais letal da história militar dos Estados Unidos.
O filme é estrelado por Bradley Cooper e Sienna Miller com Luke Grimes, Kyle Gallner, Sam Jaeger, Jake McDorman e Cory Hardrict em papéis coadjuvantes.
A transformação de Bradley Cooper para viver o personagem principal foi grande e ele realmente se empenhou na atuação para transmitir em tela os sentimentos do personagem. É o terceiro ano em que ele concorre nas premiações de cinema e mais uma vez a academia vai ignora-lo. Ele vem crescendo como ator desde o filme O Lado Bom da Vida (The Silver Lines Playbook, 2012), mas ao que tudo indica ele sofre do mesmo bullyingque o Leonardo Di Caprio.
Tendo dito isso, apesar do filme ter excelente fotografia, efeitos visuais e edição de som para ambientar as cenas de guerra, porque motivo o diretor decidiu usar um boneco na cena em que Kyle, o personagem de Bradley Cooper segura seu filho recém-nascido? Sim é visivelmente um boneco ao invés de um bebê de verdade. Uma cena que no mínimo comoveria até o mais “macho” dos espectadores, pois imagino que a emoção de segurar um filho no colo seja imensa, perdeu todo o sentido para falar a verdade. Essa cena acaba com o ritmo de desenvolvimento que o longa-metragem passava ao espectador. Para quem já assistiu, se isso passou “batido” é a prova mais clara da perda de ritmo, porque demonstra que já não estava prestando atenção no filme. Para quem não viu ainda ignorem o fato e mantenham-se na narrativa.
Mesmo com esse ponto negativo… O excesso de patriotismo e do filme só mostrar o lado americano da guerra, o filme Sniper Americano ainda merece reconhecimento senão com a estatueta do Oscar pelo menos com bilheteria. O filme tem grande carga dramática e dilemas morais entre seguir ordens lutando pelo seu país e zelar pela humanidade demostrando compaixão, além dos horrores da guerra em si. Vale a pena assistir é uma história de guerra emocionante, então fica a dica.
Sniper Americano - Comentários
4.0Overall Score
Reader Rating: (6 Votes)

About The Author

Amante de bons filmes, acredita que o cinema tem a missão de tornar sonhos realidade. Tem medo de filmes de terror e evita drama para não chorar no cinema.

Related Posts

  • Eu tenho uma lista dos meus filmes favoritos de guerra, é um dos gêneros que dificilmente ver. Vendo o filme Francotirador , ir para a era fascinado, desde que começou como um espectador me pegou, e isso é um punsot que poucos filmes de conseguir, então eu reconhecê-lo e eu recomendo.

    – Paola Sánchez

Translate »