Esse filme quebrou recordes antigos, vamos falar da animação Frozen – Uma Aventura Congelante (Frozen)!
Lembrei deste filme devido a temporada de premiações que já começaram.

O filme Frozen – Uma Aventura Congelante foi dirigido por Chris Buck e Jennifer Lee, com roteiro de Jennifer Lee baseado no conto A Rainha da Neve, escrito por Hans Christian Andersen. Foi produzido pela Walt Disney Animation Studios, e a qualidade técnica desse filme mostra que mesmo com a separação entre a Disney e os estúdios da Pixar, a produção de animações vai continuar sem problemas.
A animação Frozen da uma nova leitura das princesas da disney, nova não porque Mulan (1998), o filme da Princesa e o Sapo (2009), Valente (2012)… já mostram personagens femininas mais fortes, seguras e sem dependência de um príncipe encantado.
A trama central gira em torno de Elsa e Anna, princesas de um pequeno reino chamado de Arendelle. Elsa a irmã mais velha nasceu com poderes mágicos, ela é capaz de criar gelogeada e neve. Depois de um acidente enquanto as duas irmã brincavam, os seus pais decidem isolar as crianças em seu castelo até Elsa aprender a controlar seus poderes. Com medo de ferir Anna novamente, Elsa passa a maior parte do tempo sozinha em seu quarto, causando um afastamento entre as meninas à medida que crescem. Quando as princesas são adolescentes, seus pais morrem num naufrágio durante uma tempestade. Quando Elsa completa 21 anos, o reino se prepara para sua coroação como Rainha. Durante a recepção, Hans pede Anna em casamento e ela aceita apressadamente. No entanto, Elsa se recusa a conceder a sua bênção e proíbe o repentino casamento. As irmãs discutem, culminando com a exposição dos poderes de Elsa durante uma explosão emocional.
Anna parte em uma jornada com Kristoff, o homem da montanha, sua leal rena de estimação (Sven) e um boneco de neve chamado Olaf, que sonha em experimentar o verão, para encontrar sua irmã Elsa, cujos poderes congelantes transformaram o reino onde vive em um inverno eterno.
O filme Frozen – Uma Aventura Congelante é considerado por muitos o estopim da “volta da magia” nos filmes Disney. Quem acompanha as produções esta familiarizado com a noção de “eras” que dividem as grande produções pelos altos e baixos das bilheterias dentro do mercado americano. Para aqueles que tiverem interesse tem vários podcasts (Rapaduracast, JWave etc.) que falam sobre as diversas “eras” das animações Disney.
Eu devo admitir que eu não fui impactada pelas musicas do filme no primeiro momento porque eu não aguentei esperar para ver o filme no cinema, devido a indicação ao Oscar eu vi o filme pela internet e o áudio estava muito ruim. Agora que já esta na televisão paga e a venda também, eu revi o filme e consegui entender e identificar o impacto das musicas dentro do enredo e realmente mereceu o Oscar de melhor canção.
As vozes originais principais foram de Kristen Bell como Anna, Idina Menzel como Elsa e Jonathan Groff como Kristoff. A dublagem brasileira não esta ruim ainda que eu prefira ouvir todas as musicas na versão em inglês.
O filme além de boa trilha sonora tem muitos personagens cativantes e o roteiro passa uma mensagem de amor, superar obstáculos e ser você mesmo que é muito importante para essa nova geração.
Ainda que o filme Frozen tenha passado a bilheteria do clássico O Rei Leão (1994) para mim não ganha em conteúdo porque o filme O Rei Leão moldou a minha infância e de toda uma geração. O carinho que o filme gera ao ser revisto é imenso a ponto de transportar o espectador de volta a infância.  
Frozen – Uma Aventura Congelante é um filme infantil mas ainda sim muito divertido de se ver não importa a idade. Recomendo sim porque vale a pena assistir, então fica a dica.
 
#LetItGo
Frozen - Comentários
4.1Overall Score
Reader Rating: (6 Votes)
Translate »