Hoje eu resolvi falar sobre um filme que NÂO esta mais no cinema. Vamos lá do filme 300: A Ascensão do Império.
– Cinéfilos qual é a sua profissão Harooh! Harooh! Harooh!
O filme 300: A Ascensão do Império (300: Rise of an Empire) é a continuação do filme 300, lançado em 2006 e estrelado por Gerard Butler como o grande líder espartano Leônidas. Dirigido por Noam Murro e com roteiro de Zack Snyder, Kurt Johnstad e Michael B. Gordon a nova história tentar expandir o universo apresentado anteriormente.
Os dois filmes são baseado em graphic novels, e seguem a mesma linha de efeitos especiais. Contudo nesse segundo filme foi na minha opinião exagerado o uso de efeitos de stop-motion repetindo a mesma formula do 1º filme.
Falando somente do filme, pois não li a HQ, o enredo desse segundo filme transcorre paralelo ao primeiro filme sobre a Batalha das Termópilas, após as vitórias persas em Tessália e em Termópilas. Após derrotar os 300, Xerxes (Rodrigo Santoro) invadiu e incendiou Atenas, desenrolando assim aquela que ficou conhecida pela Segunda Guerra Médica (ou Pérsicas). Como contextualização o filme apresenta que O Rei-Deus Xerxes I após a morte de seu pai Darío I dá início a uma jornada de vingança, continuando a campanha militar de seu pai contra à Grécia (que defendia o Peloponeso).
O roteiro do segundo filme apresenta um novo líder Temístocles (Sullivan Stapleton) e uma nova batalha, onde Temístocles estava decidido a tentar uma estratégia para reconquistar a cidade-estado de Atenas. Com um plano, atraiu a marinha persa liderado por Artemísia (Eva Green) para um estreito canal, entre a ilha de Salamina e o continente e, assim tentar vencer a armada inimiga. Novamente fazendo referencia ao nome do filme, no mar concentrou aproximadamente 300 embarcações que enfrentaram a frota persa.
Eu realmente senti falta do Zack Snyder como diretor embora o Noam Murro tenha feito um bom trabalho, tendo dito isso vamos falar de elenco a Artemisia personagem da Eva Green foi uma surpresa, a forma de controle que ela tinha sobre o personagem do Rodrigo Santoro (que teve falas nesse filme rsrsrsrs) só prova o que muitos já sabiam… Por trás de todo grande homem tem uma mulher ainda maior passando as dicas. Brincadeiras a parte Eva Green incorpora muito bem personagens femininas manipuladoras o filme Sin City: A Dama Fatal exemplifica bem isso.
O filme tem bons efeitos, todo visual e o stop-motion e claro o sangue foram bem feitos na minha opinião, mas eu sou suspeita porque vi na sessão 3D (sangue espirrando na cara é sempre divertido), o problema é que o filme foi mais do mesmo. Não inovou é um filme que entretêm, mas o 1º que foi superior.
Eu pessoalmente não consegui torcer por Temístocles, na hora da batalha final eu estava querendo ver a Grécia queimar, realmente faltou um vilão de peso, pois Xerxes estava muito devagar, mas pior ainda foi faltar um herói de peso, nem a Cersei de GOT (ótima participação especial) me convenceu a lutar por Esparta.
Entre Temístocles e Leônidas… Leônidas sem cabeça vence a luta afinal “THIS IS SPARTA!” Assim para assistir no cinema o 2º filme é uma boa pedida, mas em casa ou no Netflix o 1º se torna muito mais interessante, a menos é claro que você tenha uma televisão 3D, de qualquer forma fica a dica.
300: A Ascensão do Império - Comentários
3.7Overall Score
Reader Rating: (5 Votes)
Translate »